Conforto com elegância são os pilares dessa temporada por Margaret Candossim

A vida retoma, aos poucos, algumas rotinas. Não podemos dizer exatamente o quanto daquela conhecida  “normalidade” de dois anos atrás se apresentará agora. Acredito que vamos para um ambiente novo, híbrido, compondo velhos e novos hábitos, renovando nossa presença e relação com o mundo.

Com a crise sanitária que nos assolou, um número muito grande de pessoas precisou aderir ao homeoffice e com isso percebeu que precisava de uma melhor condição em casa, que permitisse trabalhar confortável. Promover mudanças que trouxessem bem-estar, vontade de permanecer ali muitas horas por dia, com boa estrutura para as atividades profissionais e sem custo exagerado.

Respeitada a realidade financeira de cada um, essa percepção do “buscar conforto sem luxo desmedido” veio para ficar. Percebo nas demandas que os clientes nos trazem hoje que o bem-estar, o acolhimento e a praticidade são pontos valorizados ao se promover uma reforma ou redesenho da casa e seus diferentes ambientes. As pessoas querem leveza, um lugar que as representem, que seja elegante, mas não ostensivo.

Minimalista e moderno

Para essa temporada, a presença de plantas em praticamente todos os ambientes da casa e escritório ganhou força. Folhagens diversas integram a decoração ao lado de móveis menos rígidos, mais curvilíneos, com design atemporal e de texturas e referências mais naturais.

As cores neutras e naturais permanecem em alta e ganham elementos de contraposição, nos acessórios – luminárias, almofadas, tapetes – e até paredes. A cartela de cores CECAL 21 mescla com muita riqueza essas opções, dos tons claros e suaves aos mais marcantes. Esses estudos avançam para toda indústria, trazendo opções maravilhosas em tintas para paredes, móveis, tingimento dos tecidos de decoração.

O momento traz alegria nas variações de violetas e azulados. Verdes e rosas suaves também estão sendo valorizados pelos que querem um toque romântico. A cada estação, o Comitê Brasileiro de Cores, do qual faço parte como arquiteta consultora, apresenta ao mercado o resultado de pesquisas aprofundadas que começam na ponta da cadeia e se organizam como informação catalogada para inspirar todos os segmentos – do vestuário ao automobilístico.

Movimento inspirador

Esse ano, o Comitê Brasileiro de Cores, em parceria com  a Associação Alameda Gabriel, que reúne os lojistas da rua ícone da decoração em São Paulo, com o Centro  Universitário Belas Artes e a Faculdade de Arquitetura, Urbanismo e Design Mackenzie realizam a primeira edição de um movimento chamado ” Colorindo a Gabriel” . A partir da CECAL 21, os alunos participantes criação projetos que serão apresentados simultaneamente em 40 marcas da Alameda Gabriel Monteiro, em São Paulo (SP), até 10 de abril. Uma explosão de criatividade, cor e modernidade. Fica aqui o meu convite a todos.

 

(*) Margaret Candossim –  Sócia-proprietária do escritório Candossim e Cabana Arquitetos Associados, formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Guarulhos, especializado em arquitetura de varejo e residencial alto padrão. em MBA em Marketing e Varejo pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Decoradora, palestrante e consultora em Marketing & Vendas, especialista em Comunicação e Merchandising para o varejo da Construção.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Fale conosco pelo WhatsApp